Como Flertar Com Uma Mulher Sem Ser Estranho

0
59
flertar com uma mulher

Um dos maiores erros que os homens cometem ao flertar com mulheres em bares ou festas é pegar pesado nas cantadas.

Isto é: eles demonstram interesse demais e deixam claro que consideram a mulher magnífica, apesar de ela não ter feito nada de especial para merecer essa adoração.

É como se esses caras acreditassem que elogios são palavras mágicas capazes de conquistar mulheres por si mesmas.

flertar sem cantadas pesadas
“calcinhas caíres!”

Mas esse, é claro, está longe de ser o caso. O que realmente vai acontecer se você flertar com mulheres desse jeito é uma de duas coisas:

Ou vai achar que você é um cara carente e desesperado e vai ficar com pena de você.

Ou ela vai achar que você é um cara frustrado que está se esforçando demais e ela vai ficar com medo de você.

como não flertar
Olá gatinha…

Então, o que fazer?

Isso significa que demonstrar interesse em uma mulher logo de cara não é um bom jeito de flertar com ela em uma festa ou uma balada?

Significa que você vai sempre ter que inventar algum pretexto para começar a flertar com uma mulher num ambiente assim?

A resposta é: claro que não. Você pode sim ser direto. Basta usar a estratégia certa para flertar.

E agora nós vamos falar do que é provavelmente a estratégia mais importante para se usar quando você chegar numa mulher fazendo um elogio logo de cara.

Como Flertar Usando a Estratégia “Push-Pull”

 o jeito certo de flertar

Em primeiro lugar, entenda que se você demonstrar interesse numa mulher de um jeito confiante e não-exagerado, isso pode sim gerar atração por você.

No entanto, existem maneiras e maneiras de fazer isso.

Uma coisa é chegar numa garota com um sorriso e dizer para ela num tom casual que você a achou bonita. Isso demonstra confiança.

Outra coisa é chegar ansioso numa mulher, encarando-a seriamente, e então encher ela de elogios. Isso é bizarro pra porra!

Assim, se é para chegar numa mulher de um jeito direto, a primeira regra é:

Chegue de bom humor e demonstre o mínimo de interesse necessário para começar a conversa

Entendido?

Ok, então vamos ao “push-pull” propriamente dito.

A estratégia basicamente funciona assim:

Como eu disse, toda vez que você demonstra interesse numa mulher de um jeito confiante e não exagerado, isso gera sim atração.

No entanto, mesmo dessa forma você ainda vai deixar a garota mais tensa se você acabou de conhecê-la.

O problema aqui é que você está fazendo um avanço, mas não tem intimidade com a mulher ainda.

Mesmo que ela goste de você, ela ainda assim vai ficar com medo que as coisas corram rápido demais.

É por isso que você vai demonstrar para ela que as coisas NÃO vão correr rápido demais (na verdade o seu objetivo aqui será justamente acelerar as coisas, mas ela não precisa saber disso).

Como fazer isso?

Há mais de uma maneira, na verdade, mas a estratégia push-pull é:

Contrabalanceie a sua demonstração de interesse com uma demonstração de desinteresse.

E faça isso tendo em mente que, em quase todas os casos, essa demonstração de desinteresse é melhor feita na forma de uma leve e bem-humorada provocação.

Não, não é para insultar a garota.

É só para dar uma provocada de leve, uma coisa que faça ela rir e que ao mesmo tempo demonstre que você não está tão afim dela que vai perder a chance de rir um pouco às custas dela.

Se você fizer o push-pull direito, três coisas acontecem:

  • Você demonstra confiança e, quase sempre, senso de humor
  • Você alivia a tensão na hora de flertar, deixando claro que você está interessado, mas não tanto assim
  • Se a garota ficar atraída com a sua abordagem direta, a sua demonstração de desinteresse vai fazer a garota querer te reconquistar e ela vai investir mais na interação

Ou, em resumo, a estratégia push-pull é:

Primeiro você dá bola para a garota, depois você tira um sarro dela, do jeito mais leve e brincalhão possível, para ela correr atrás de você.

Vamos a alguns exemplos.

 

Um cara numa festa fazendo merda…

Imagine que você está numa festa e veja uma garota num canto bebendo sozinha. Você se aproxima dela com um sorriso confiante e fala:

“Oi, com licença. Eu estava ali falando com os meus amigos e te vi aqui. Você é uma linda. Tudo certo?”

Ela sorri. Ela está um pouco acanhada, mas adorou como você foi confiante.

“Ah, obrigada. E você é?”, ela diz.

“Eu sou fulano”.

“Eu sou fulana”.

Você olha para acara da fulana. A primeira parte do plano funcionou, mas você não planejou o que dizer a seguir…

“Não, sério!”, você diz, “Você a menina mais bonita da festa toda. Nem sei o que você está fazendo aqui.”

Ela ri de novo, agora mais constrangida.

O fato é que agora já você passou dos limites e já começou a parecer desesperado.

O interesse que a garota tinha já está indo para o brejo, mas a coisa não está totalmente além do reparo ainda.

“Você parece aquela atriz daquele filme. Os seus olhos são lindos”.

Tá. Agora fudeu. Você não soube flertar. A garota já acha que você é carente e está em busca de uma desculpa para cair fora.

Você percebe a tensão dela e resolve aliviar a tensão mudando de assunto.

“Então… festa legal né?”

Ela concorda com você educadamente, mas constrangida. Cai um silêncio. Você tenta puxar assunto, mas ela já está incomodada demais agora.

Passa-se um minuto inteiro. As pessoas em volta começam a notar. A garota finalmente diz que vai falar com uma amiga e sai fora.

Você olha para o chão implorando que um buraco bem grande abra para você ir para a China viver o resto da sua vida em isolamento no deserto de Taklamakan.

Tudo o que eu preciso são os meus camelos. Ninguém pode me rejeitar agora…

Diagnóstico 1:

O que aconteceu aqui foi básico: o cara do exemplo chegou numa garota e cobriu ela de elogios, deixando-a acanhada e parecendo um perdedor carente.

Note que nem são muitos os elogios que você precisa fazer para passar dos limites.

Um único elogio não tem problema na maior parte dos casos, mas dois ou três, mesmo se feitos com confiança, frequentemente já bastam para passar dos limites.

Seja como for, quando o cara do nosso exemplo se tocou do que fez, ele tentou amenizar o clima fazendo o que a maior parte dos caras faz numa situação assim.

Ele tentou fazer conversa fiada, o que é chato, não vai para lugar nenhum e que é uma demonstração óbvia de que ele não é tão confiante quanto parecia.

O que ele deveria ter feito ao invés disso era aliviar a tensão que ele criou. Existem diversos jeitos de fazer isso, mas o melhor é o push-pull.

Imagine que, ao invés de cobrir a garota de elogios, não dando outra opção de resposta para ela além de agradecer e ficar acanhada, ele tivesse usado essa estratégia ao flertar.

 

Um Cara Numa Festa NÃO Fazendo Merda

Vamos voltar no tempo.

Da mesma forma que antes você chega na garota com o mesmo sorriso e a mesma fala óbvia.

“Oi, com licença. Eu estava ali falando com os meus amigos e te vi aqui. Você é uma linda. Tudo certo?”

Ela sorri.

“Ah, obrigada. E você é?”, ela diz. Ela está um pouco acanhada, mas adorou a sua confiança.

“Eu sou o fulano”.

“Eu sou fulana”.

Dessa vez você quase cai no impulso de fazer mais elogios, mas dessa vez você ouve a voz como a de um fantasma, e ela te repete os conselhos deste artigo.

Você então fala num tom de brincadeira:

“Antes de eu começar a dar em cima de você só me diz uma coisa: porque você está aqui sozinha? Os seus amigos te baniram? Não tem nada de errado com você né?”

BAM!

A garota não esperava isso e agora caiu na gargalhada.

Ela viaja na sua brincadeira e diz que ela de fato está “pifando” ultimamente por causa do trabalho, e vocês seguem conversando a partir daí. Sucesso!

como flertar

 

Diagnóstico 2:

Essa cena aí na verdade é mais ou mesmo uma abordagem que eu mesmo fiz em uma festa tempos atrás.

Eu escolhi esse exemplo porque o jeito com o qual eu cheguei na garota foi o mais preguiçoso e óbvio possível (apesar de que estava fácil chegar na garota), mas, mesmo assim, eu consegui fazer o flerte funcionar usando o push-pull.

Ao invés de eu seguir o meu elogio com mais elogios ou tentar fazer conversa fiada, eu contrabalancei a minha cantada com uma brincadeira leve às custas da garota.

Com isso ela riu, a tensão aliviou, nós começamos a flertar e algum tempo depois saímos da festa juntos.

Entenda que foi só quando eu fiz a brincadeira que eu realmente comecei a flertar com a garota. Antes disso a guarda dela estava fechada.

Mesmo que ela tenha gostado da forma com a qual eu cheguei nela, eu ainda precisava demonstrar que eu não ia avançar mais rápido do que ela estava disposta a aceitar naquele momento.

Legal, agora que você já tem uma ideia do que é o push-pull, vamos nos aprofundar um pouco mais no assunto. São 4 os pontos principais que eu quero que você entenda.

 

  1. O Push-Pull Geralmente Usa Um Elogio Antes De Uma Provocação, Mas Você Também Pode Adaptar Essa Ordem

Agora, o exemplo que eu dei foi de como usar o push-pull para chegar numa mulher de uma forma direta, que é quando a primeira coisa que você faz é demonstrar interesse de forma honesta.

No entanto, essa não é a única forma de você chegar em uma mulher usando o push-pull.

Você pode inclusive adaptar a lógica que eu expliquei e chegar numa mulher fazendo demonstrando interesse e fazendo uma provocação ao mesmo tempo, o que pode ser muito melhor se você tiver o tato necessário.

Por exemplo:

Imagine a festa com a garota sozinha num canto novamente.

“Oi, antes de eu começar a dar em cima de você só me diz uma coisa: porque você está aqui sozinha? Os seus amigos te baniram? Não tem nada de errado com você né?”

Chegar em uma mulher desse jeito é ótimo se você usar o tom certo, pois ao mesmo tempo que você demonstra confiança, você imediatamente começa a flertar de um jeito divertido.

E, se o seu tato for REALMENTE bom, você pode até começar com uma provocação pura, e deixar a demonstração clara de interesse para depois.

Por exemplo:

Você chega na mulher sozinha na festa com um sorriso confiante e um tom animado e amigável:

“Oi, tudo certo?”

Ela te nota e diz que está tudo bem sim, educada, mas sem querer puxar muita conversa

“Escuta, eu te vi aqui parada e fiquei curioso: porque você está aqui sozinha? Os seus amigos te baniram? Você é tipo uma rejeitada social ou uma esquisitona? Você tem cara…”

BAM!

Ela achou que você ia passar uma cantada nela, mas você fez o oposto, e agora ela está interessada.

Mas claro: ela só está interessada porque você usou um tom confiante e perfeitamente amigável e brincalhão. Se o seu tom não tivesse saído do jeito certo, ela iria se ofender e achar você um babaca.

 

  1. O Push-Pull Não Serve Só Para Chegar Numa Mulher, Mas Para Flertar Durante Toda A Conversa

Outra coisa que você pode fazer é usar o push-pull ao longo de todo um flerte, e não só na chegada.

Isto é: cada vez que você quer botar mais lenha na fogueira durante o flerte, o push-pull pode ser uma boa opção.

Por exemplo: se você começou a flertar com uma garota, mas agora ela começou a ficar mais fria, tirar sarro dela pode ser uma das melhores coisas para aquecer o clima e fazer ela se investir mais.

Imagine que você está falando com uma garota que começou a ficar mais acanhada porque, apesar de você ter chegado nela do jeito certo, você começou a puxar o saco dela depois.

“Sério, você é professora?”

“Sou sim”, ela responde.

“Cara, eu adoro essa profissão. Professores são tão importantes. Crianças são o futuro. Você é tão legal…”, você diz.

Ao mesmo tempo você ouve um som vindo da região da virilha da garota: é a vagina dela secando. Você fez merda.

Agora vamos voltar no tempo de novo.

“Sério, você é professora?”

“Sou sim”, ela responde.

“Sua megera!” você diz num tom de brincadeira, inclinando o corpo para trás, “Eu tenho trauma com professoras. Eu não acho que isso aqui vai dar certo…”

BAM!

Ela ri e pergunta de onde vem o seu trauma. Você aliviou a tensão e ela está mais investida agora.

 

  1. Não Sabe Como Beijar A Garota? Use O Push-Pull

O push-pull também é um ótimo jeito de beijar a garota. Na verdade, essa é uma das minhas maneiras favoritas para fazer isso.

O truque é simplesmente você fazer uma provocação um pouco maior na garota, e então, na hora de contrabalancear isso, você já vem com o beijo.

Por exemplo:

Imagine que você está conversando animadamente com a garota e ela fale qualquer coisa que você possa usar para tirar sarro dela.

“Eu era bem nerd. Eu tocava flauta na escola na banda da escola…”, ela diz.

“Sério? Aff, você destruiu o clima agora!”

Ela ri.u

“Não, sério. Tinha uma atração aqui, mas ela já era. Flauta? Uau…”

“Como você é mau!”, ela dia ainda rindo.

“Mau nada. Você vai ter que me reconquistar agora. Anda.”

Ela te encara meio insegura, sem saber o que fazer.

“Como?”

“Faz uma cara sexy para me reconquistar”

Ela dá de ombros e faz uma cara “sexy” de brincadeira.

“Precisa melhorar, mas tudo bem…”. Você se inclina e beija ela.

Nesse caso o push-pull realizou a sua maior mágica e fez a garota perseguir você.

Claro, ela fez isso num tom de brincadeira e não realmente à sério, mas isso já basta para criar a deixa. Desse jeito você deu um beijo na garota e ainda fez parecer quase como se isso tivesse sido ideia dela.

  1. Cuidado Ao Usar o Push-Pull

E, por fim, eu só quero apontar alguns cuidados que você precisa ter.

Em primeiro lugar, eu quero reforçar que o push-pull pode ser uma faca de dois gumes.

Isto é: como estamos falando de uma estratégia que envolve tirar sarro de garotas, é de suma importância que você faça isso de um jeito leve e engraçado.

Se você não fizer isso você pode acabar ofendendo a garota, e isso vai arruinar as suas chances.

Por exemplo: eu mesmo já tive ótimos encontros em que eu não fiz quase nada além de tirar sarro da cara da garota, parando para demonstrar interesse nela pouquíssimas vezes.

No entanto, isso aconteceu porque a garota tinha um bom senso de humor e eu fui sentido o clima para ver até onde eu podia ir.

Mas não são todas as garotas que iriam gostar do mesmo comportamento. E, além disso, não é todo o dia que você estará no pique de ser realmente engraçado.

Assim: tome cuidado. Da mesma forma que você geralmente deve começar com avanços leves, você deve começar com provocações leves também.

 

Então é isso,

E se quiser saber mais sobre como chegar em mulheres e como flertar com elas, não deixe de conferir as 5 regras de como chegar em uma mulher.

Um abraço!

Felipe Braga

Deixe uma resposta