Como Sair SOZINHO Para a Balada E Se Dar Bem

0
54
sair sozinho pode ser bom

Quando eu comecei a ir em baladas eu era exatamente igual a todos os homens que eu viria a ensinar: eu me sentia bem intimidado nesse ambiente, e não fazia ideia de como atrair mulheres.

Afinal, eu era tímido pra cacete e na época nenhum dos meus amigos eram frequentadores desse tipo de lugar, de modo que eu tinha que sair sozinho para a balada.

Mas o problema é que eu não sabia como sair sozinho para a balada.

Era só botar o pé no meio da muvuca e eu travava todo.

Na verdade, a minha preocupação rapidamente deixava de ser “como chegar em mulheres” e “dar algum jeito de não parecer um esquisitão no meio dessa gente”.

Eu então simplesmente ficava indo de um lado para o outro, tentando parecer ocupado, e pensando sempre:

“Pqp, por favor não olhem para mim. Por favor ninguém perceba que eu sou tão perdedor que vim numa balada sozinho e agora estou aqui paralisado pelo medo!”

Pois é: não era nada agradável. Mas eu não desisti.

Eu continuei a sair desse jeito, mesmo sem saber ainda como sair sozinho para a balada.

Nisso eu passei por um monte de experiências desagradáveis e constrangedoras, mas enfim me acostumei com o ambiente e comecei a abordar mulheres.

Nesse processo todo eu aprendi várias coisas não só sobre chegar em mulheres, mas também sobre como sair sozinho e manter uma boa energia.

Assim, nesse artigo eu quero partilhar um dos meus insights mais importantes para “sobreviver” num ambiente de festa.

Esse insight é ainda mais importante se você for tímido e, principalmente, se você não tiver escolha a não ser sair sozinho.

Preparado?

A dica é:

Fale Com Todo Mundo Na Balada (Sim, Até Com Os Caras)

sair sozinho e fazer amigos

Se você já leu alguns artigos desse site, então você talvez saiba que eu recomendo que você comece a falar com estranhos mesmo antes de botar o pé no bar ou na balada.

E, de fato, isso é extremamente importante, pois é a melhor forma que você vai ter para se “aquecer” e trabalhar a confiança para a noite, principalmente se você sair sozinho.

No entanto, mesmo depois de você se aquecer fora da balada ainda é uma ótima ideia você tentar interagir com todo mundo que você vir pela frente lá dentro.

Isso mesmo se você sentir que já está “no ponto”, por assim dizer.

E por “interação” qualquer coisa vale: um aceno de mão com um sorriso, um comentário bem-humorado, uma troca rápida de palavras.

Não é para você necessariamente se alongar em todas essas interações, mas aproveite cada chance que você tiver para interagir com alguém e, quando a brecha acontecer, daí sim você para e conversa por mais tempo.

Por que você deveria fazer isso? Há vários motivos, na verdade:

 

  1. Você Vai Evitar Perder A Energia Que Você Conseguiu Se Aquecendo Do Lado De Fora.

sair sozinho pode ser ruim

Baladas, bares e festas são lugares naturalmente intimidadores para caras tímidos.

E entrar num lugar assim é imediatamente um banho de água fria que você vai tomar na cara, se esse for o seu caso.

Principalmente se você sair sozinho.

É por isso inclusive que eu não recomendo que você deixe para começar a sair da sua zona de conforto na balada em si, mas bem antes disso.

No entanto, mesmo se você entrar na balada bem “aquecido”, você ainda assim vai precisar manter a energia alta. Para isso, você tem duas opções:

– Comece a chegar em mulheres imediatamente

– Comece a chegar em pessoas imediatamente

O ideal é que você faça os dois ao mesmo tempo.

No entanto, se você “travar”, então chegar em pessoas aleatórias, mais fáceis de abordar, é o que melhor vai te preparar emocionalmente para chegar em mulheres.

No entanto, manter a energia alta não é a única coisa para que falar com as pessoas da balada vai servir.

Quando eu comecei a fazer isso, com a única intenção de controlar os meus próprios nervos, eu rapidamente percebi que essa atitude trazia uma série de outros benefícios.

Por exemplo:

 

  1. Você Começa A Se Sentir Em Casa Apesar de Estar Na Balada Sozinho

sair sozinho mas se sentir em casa

É uma sensação ótima quando isso acontece.

Você chega todo nervoso na balada sozinho, se sentindo como um invasor. No entanto, você começa a falar com as pessoas e Bibbidi-Bobbidi-Boo!

sair sozinho e fazer mágica

Você de repente começa a sentir como se você pertencesse mais ao lugar do que as outras pessoas.

Ou melhor: você sente como se o lugar te pertencesse mais do que às outras pessoas.

Afinal, imagine que num simples descolamento, duas ou três pessoas te cumprimentam porque você falou com elas antes.

Uma delas até te para e puxa conversa de novo.

Você vai no bar e o barman te atende primeiro porque, afinal, você foi o único cara que partilhou uma risada com ele ao invés de simplesmente berrar um pedido na cara dele.

Você sai para área de fumantes e o guarda te dá um sorriso, comentando sobre a breve conversa que vocês tiveram antes.

Quando esse tipo de coisa começa a acontecer, mesmo numa pequena intensidade, você começa a se sentir seguro e à vontade.

Todas as outras pessoas no lugar estão fechadas nos próprios grupos, mas você conhece um monte de gente e isso é bem encorajador.

Sair sozinho na verdade se transforma em sair com todo mundo.

Outro ponto positivo de falar com um monte de gente na balada é:

 

  1. Você Pode Muito Bem Acabar Pegando Uma Mulher Fazendo Isso

sair sozinho mas conhecer mulheres

Talvez te pareça que ficar falando com um monte de caras e com um monte de mulheres que você não tem intenção de pegar é uma coisa a mais a se fazer na balada.

Além de realmente pegar mulheres, isto é.

No entanto, o esforço de falar com pessoas, e o esforço de pegar mulheres frequentemente acabam convergido.

Eu descobri isso muito cedo na verdade, na época em que ainda tendia a gelar de medo num lugar assim.

Eu cheguei com uma boa energia no lugar, mas logo essa energia começou a minguar e eu estava me sentindo em apuros.

Foi nessa então que eu comecei a falar com o guarda que ficava na saída para a área de fumantes.

O cara era um gigante que poderia me quebrar em dois, mas ara também extremamente gente boa e foi muito receptivo.

Então lá fiquei eu, bem satisfeito em falar com o cara, mas tendo claro em mente que eu logo teria que “voltar à batalha”.

Eu estava errado.

Logo apareceu uma mulher muito bonita, que também veio jogar conversa fora com o guarda e acabou me envolvendo na conversa.

Acontece que ela era a designer de interiores do lugar e conhecia toda a equipe da balada.

Por milagre a conversa com ela correu muito bem. A gente acabou indo pegar uma cerveja juntos e depois trocamos uns beijinhos.

E esse caso não foi exatamente uma raridade.

Várias vezes eu mesmo ou alunos já ficamos com alguém numa balada porque essa pessoa era amiga de alguém com quem começamos a conversar aleatoriamente.

Todo mundo conhece alguém, e esse alguém pode muito bem ser uma mulher bonita.

Agora, mesmo se esse alguém não conhecer uma mulher bonita, ele ainda assim vai te ajudar a ficar com uma mulher, pois:

 

  1. Apesar de Sair Sozinho, Conhecer Um Monte De Gente Na Balada Você Vai Gerar “Prova Social”

sair sozinho mas ser popular

Ter “prova social” significa “parecer popular”, e esse é um ótimo jeito de atrair a atenção de mulheres, mesmo num ambiente tão caótico quanto o de uma balada.

A partir do momento em que você cria alguns conhecidos em uma noite, as mais simples interações com eles podem servir muito bem para fazer você parecer mais atraente para as mulheres em volta.

Claro, não é uma coisa sobre a qual você terá muito controle, mas, quando acontece, então é ótimo.

Eu me lembro de uma vez em que estava na mesma balada que eu mencionei anteriormente.

Eu ainda era bem inexperiente e ainda tinha a mesma tendência de entrar em pânico em baladas.

Seja como for, eu estava aprendendo, e nessa noite, eu já tinha falado com várias pessoas.

Algumas delas eu inclusive tinha conhecido em noites anteriores no mesmo lugar.

Foi então que eu decidi chegar em uma mulher muito bonita que estava com uma amiga.

Eu forcei um sorriso provavelmente não muito convincente na minha cara e, a ansiedade subindo, eu fui em direção a ela.

Assim que ela me viu eu abri a boca para falar, ainda inseguro, mais eis que um milagre aconteceu:

Uma mulher gorducha, simpática e elétrica, com que eu tinha feito amizade numa noite anterior, me viu e veio me abraçar, berrando o meu nome.

A mulher em que eu ia chegar viu enquanto eu falava animado com a minha amiga e o grupo dela.

E quando eles foram embora, foi a vez de outro grupo de pessoas passar por perto de mim e puxar conversa.

Quando eu finalmente cheguei na mulher, ela logo falou “você é popular aqui, heim?”

BAM!

Ela já estava atraída. Eu não tive que fazer praticamente nada para ficar com ela. Falar com pessoas aleatórias acabou fazendo todo o trabalho para mim.

Agora, apesar das vantagens que eu já mencionei aqui, elas não se comparam o último e maior benefício de fazer amizades nas baladas. Este é:

 

  1. Chegar Em Pessoas Aleatórias É Uma Ótima Recurso Para Você Treinar e “Se Formar” em Chegar Em Mulheres.

se formar em sair sozinho

O fato é que abrir conversas com estranhos só para jogar conversa fora ou dar uma risada não é tão diferente assim de chegar em uma mulher.

Em ambos os casos você vai precisar ter uma energia amigável e confiante.

Em ambos os casos você vai precisar estar relaxado.

Em ambos os casos você vai precisar ser divertido.

Em ambos os casos você vai precisar manter a calma.

Em ambos os casos você vai precisar ter tato.

Com efeito, a partir do momento em que você aprende a se dar bem com as pessoas na balada uma coisa bem reveladora vai acontecer:

Você vai perceber que, pelo menos quando você usa uma abordagem situacional com uma mulher, frequentemente a sua fala de abertura será exatamente a mesma que você usou para abordar um cara qualquer.

E esse é o maior poder de você adotar uma atitude sociável na balada.

Faça isso e eu garanto: você vai aprender a chegar em mulheres muito mais rápido do que se você se concentrar apenas em chegar em mulheres.

E isso mesmo se você tiver sempre que sair sozinho.

 

Agora, não que você não deva concentrar os seus maiores esforços justamente em chegar em mulheres.

E, para ter sucesso nisso, não deixe de ver nossos artigos sobre o assunto.

Deixe uma resposta